Nísia Trindade Lima participa nesta quarta (19/4) do Encontro de Parceiros Globais da Organização Mundial da Saúde sobre Doenças Tropicais Negligenciadas, na sede da OMS, em Genebra

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, participa na manhã desta quarta-feira (19/4) do Encontro de Parceiros Globais da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre Doenças Tropicais Negligenciadas (DTNs), na sede da OMS, em Genebra.

Às 10h30 de Brasília, Nísia integrará o painel Cobertura de saúde universal e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A OMS transmite ao vivo, por meio do link http://www.who.int/neglected_diseases/global-partners-meeting/live-streaming/en/.

No painel de abertura do evento, a presidente da Fundação disse que é “importante pensar em populações negligenciadas, mais do que em doenças negligenciadas. O setor sanitário precisa atuar em coordernação com outros setores, garantindo acesso gratuito a serviços de qualidade, que levem à promoção e à educação da saúde. Temos que pensar a relação entre o setor público e o da saúde como um jogo em que todos ganham. Colaboramos em muitas áreas em termos de pesquisa para inovação, e somente assim conseguiremos atingir o objetivo deste encontro de ‘colaborar, acelerar e eliminar’ as doenças negligenciadas”.

Além de Nísia, participarão do painel a diretora-geral da OMS, Margareth Chan; o copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates, Bill Gates; a embaixadora brasileira em Genebra, Maria Nazareth Farani Azevêdo; e o ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan, entre outros.

O evento, que incluirá o lançamento do 4º Relatório da OMS sobre Doenças Tropicais Negligenciadas, fará um balanço dos avanços na área na última década, e planejará ações que podem ser tomadas pela comunidade internacional após 2020.

Clique aqui para ler a matéria completa na Agência Fiocruz de Notícias, ou por meio do link https://goo.gl/3Qfd1H