image_pdfimage_print

Arboviroses, genética e bioinformática são os temas da edição de inverno da iniciativa, que acontece entre os dias 17 e 21 de julho. Estudantes de graduação de todo o país podem se candidatar online


 

 

 

Em julho, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) abre as portas para receber estudantes de graduação de todo o país. A 19ª edição dos Cursos de Férias oferece três modalidades: ‘Principais arboviroses de importância médica no Brasil: perfil e diagnóstico’ (12 vagas), ‘Rastreamento de mutações humanas e diagnóstico de doenças genéticas’ (10 vagas) e ‘Tópicos em Bioinformática’ (10 vagas). As atividades acontecem entre os dias 17 e 21 de julho, no campus da Fiocruz, no Rio de Janeiro (Av. Brasil, 4.365, Manguinhos). As inscrições serão realizadas apenas no dia 08 de junho, das 9h às 17h.

 

Para se candidatar, basta preencher o formulário eletrônico, que estará disponível no dia 08/06, com atenção a todos os campos especificados, incluindo a carta de interesse e o currículo (não serão recebidos anexos). Para os selecionados, há uma taxa de R$ 50 para a inscrição, sendo de responsabilidade do candidato o custeio de hospedagem, transporte e alimentação.

 

Os cursos destacam metodologias utilizadas na pesquisa básica, conceitos e contextos relativos a diferentes assuntos de importância para a saúde no Brasil. As atividades teóricas e práticas são ministradas por estudantes dos cursos de Pós-graduação Stricto sensu do IOC e coordenadas por pesquisadores do Instituto. Leia mais sobre cada modalidade:

:: Principais arboviroses de importância médica no Brasil: perfil e diagnóstico

Aborda as principais arboviroses de importância médica no Brasil, envolvidas no cenário epidemiológico atual (dengue, Zika, febre amarela e chikungunya) – das características gerais e epidemiológicas às técnicas diagnósticas preconizadas pelo Ministério da Saúde. Público-alvo: alunos de graduação da área da saúde. Confira a ementa.

:: Rastreamento de mutações humanas e diagnóstico de doenças genéticas

Reúne temas de genética aplicados à saúde humana, como a estrutura e o funcionamento dos ácidos nucleicos, classificação e a nomenclatura de mutações humanas. Apresenta as doenças gênicas (doenças monogênicas e doenças complexas) e os conceitos de Epigenética, além de noções básicas dos métodos de diagnóstico molecular, como PCR convencional, PCR RFLP, PCR em tempo real (quantitativo), sequenciamento de Sanger e de nova geração. Público-alvo: alunos de graduação da área da saúde. Confira a ementa.

 
:: Tópicos em Bioinformática

Discute conceitos importantes utilizados em Bioinformática e Biologia Computacional, tais como: Linux; Banco de dados biológicos, Alinhamento de sequências, Busca por similaridade e Comparação de genomas; Biologia molecular básica, Estrutura de proteínas, Modelagem Comparativa e Docking Molecular; Teoria de redes, Dinâmica Molecular e Análise de Modos Normais; Linguagem R e Bio 3D. Público-alvo: alunos de graduação da área da saúde e tecnologia da informação. Confira a ementa.

Reportagem: Lucas Rocha