image_pdfimage_print

Instituto, que integra a Agenda Jovem Fiocruz, participa como organizador de evento para os jovens da Cidade de Deus

 


Farmanguinhos foi um dos parceiros do Festival Juventude na Favela, que aconteceu de 18 a 21 de outubro, e envolveu crianças, jovens, adultos, associações, organizações não-governamentais e parceiros de outras comunidades, em prol da saúde dos jovens. Os profissionais do Núcleo de Gestão Social (NGS) da unidade contribuíram com a organização e produção e enriqueceram o evento com a experiência na realização de grandes eventos sociais internos e externos, como o Fiocruz Pra Você.

A responsável pelo departamento, Magali Portela, justificou a participação da instituição no festival. “Fazemos parte da Agenda Jovem Fiocruz e toda manifestação de protagonismo juvenil nos interessa. O objetivo é pensar em saúde para os jovens, dentro do próprio contexto que estão inseridos, olhando a linguagem e formas de expressão utilizadas por eles, como as vozes expressadas pela poesia, rima, grafite e música. Identificamos esses coletivos jovens e dialogamos com eles”, explicou.

Com uma programação diversificada, os jovens participaram de oficinas culturais e artísticas, rodas de conversa, conferiram exposições de quadros e apresentações teatrais, cinema e danças variadas, como hip hop, ballet e maculelê. As atividades ocorreram em três escolas municipais da região, José Clemente Pereira, Dorcelina Gomes da Costa e Alphonsus de Guimarães, e no último dia, o patrocinador do evento, Sesc Nacional, abriu as portas.

“Vemos o quanto fervilha cultura nas comunidades e que isso não é evidenciado para a população como um todo. Só vemos notícias de tiro, mas quanta coisa rica se produz dentro desses espaços de favela que não são vistos. É um grande desafio. Saio desse festival reafirmando cada vez mais que essas são as chances de mudança. Está na hora de ocuparmos outros espaços. O Sesc Nacional financiou o evento e deu essa oportunidade, para que fizéssemos o último dia do evento no teatro deles”, afirmou Magali.

Esta é a segunda edição do evento, que aconteceu pela primeira vez em 2015. O Instituto participou como parceiro na edição anterior e em 2018, comprovando que com dedicação, força de vontade e alianças entre a população e as organizações, com pouco se faz muito. É importante ressaltar que o Coordenador do Vídeo Saúde, do Instituto de Comunicação e Informação Cientifica e Tecnológica (Icict), que também faz parte da Agenda Jovem Fiocruz, prestigiou o festival.

Fotos: Magali Portela