image_pdfimage_print

O Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos) é uma organização pública de administração indireta, que integra o complexo técnico-científico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vinculada ao Ministério da Saúde (MS). Ocupa posição estratégica como laboratório farmacêutico oficial vinculado ao MS, com capacidade instalada de produção de mais de 6,5 bilhões de unidades de medicamentos.

Com capacidade de produção de cerca de 50 tipos de medicamentos diferentes, a unidade fabrica antibióticos, anti-inflamatórios, anti-infecciosos, antiulcerosos, analgésicos, para doenças endêmicas, como malária e tuberculose, antirretrovirais para tratamento da Aids e hepatites virais. Também produz aqueles para o sistema cardiovascular e o Sistema Nervosos Central.

Se no passado Farmanguinhos atuava como produtos de medicamentos de atenção básica para abastecer políticas de distribuição em massa, atualmente, o Instituto assumiu papel estratégico dentro da Política Nacional de Medicamentos e da Política Industrial, ao se tornar um importante centro de tecnologia e desenvolvimento de medicamentos especializados de alto valor agregado.

Em total alinhamento às demandas do MS, Farmanguinhos dedica-se à pesquisa e ao desenvolvimento de medicamentos de alto valor agregado e/ou estratégicos para o MS. O resultado prático é a garantia à população ao acesso a estes medicamentos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ao longo dos últimos anos, Farmanguinhos vem firmando um relacionamento importante com empresas privadas, tendo como instrumento as Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDP), que se mostraram estratégicas do ponto de vista de transferência de tecnologia e know how. O Instituto também mantém acordos de transferência de tecnologia com a Índia, Estados Unidos e países da Europa e da África.

Farmanguinhos avança na excelência em todas as áreas. Como laboratório federal do MS, o grande desafio está em combinar inovação, desenvolvimento e a internalização das novas tecnologias com o atendimento das demandas das políticas públicas.