image_pdfimage_print

Responsabilidade01Ao assumir conceitos de promoção da saúde e do desenvolvimento social, da difusão do conhecimento científico e tecnológico e, ainda, ser um agente da cidadania, a Fiocruz se caracteriza como um órgão público a serviço da vida e da democracia. Através da Coordenadoria de Cooperação Social, a Instituição promove ações e projetos sociais que produzem resultados qualitativos nas condições de vida das populações em territórios vulneráveis e, consequentemente, na saúde dessas pessoas. Para a implementação dos projetos são adotadas tecnologias intensivas de participação social com o objetivo de contribuir para a organização, mobilização e protagonismo dos agentes coletivos.

Nesse sentido, a atuação social da Fundação visa ao desenvolvimento socioeconômico e humano das comunidades do entorno estabelecendo três eixos fundamentais:

Educação, Comunicação e Cultura – Projetos e ações que têm como objetivo contribuir para formação de cidadãos críticos e participativos, identificados com os seus contextos territorial, histórico e cultural. Dessa forma, articular e mobilizar propostas de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sócio-comunitário.

Trabalho, Renda e Solidariedade: Ações e projetos que desenvolvam capacidades, habilidades e cultura do trabalho; que estimulem potencialidades e vocações econômicas; estejam inseridos em arranjos produtivos; que sejam intensivos em associativismo e gestão participativa; e que possam contribuir para o desenvolvimento equânime e sustentável do local.

Território e Saúde: Projetos e ações que reforcem a capacidade sócio-comunitária na reivindicação, na gestão participativa e no controle social das políticas públicas voltadas para construção de territórios saudáveis.

Através dessa atuação social, a Fiocruz exerce o seu papel de Instituição promotora de ações socialmente responsáveis.

Assessoria de Gestão Social de Farmanguinhos

A Gestão Social de Farmanguinhos foi instituída em 2005 com a finalidade de desenvolver ações de caráter social para as comunidades localizadas no entorno do Instituto, em Jacarepaguá. Com o respaldo da cooperação social da Presidência da Fiocruz, o setor contribui tecnicamente para o desenvolvimento local, para a redução das iniqüidades ocasionadas pela pobreza, violência e exclusão social das populações.

A Assessoria de Gestão Social tem por princípios:

  • Travar uma relação construtiva com a comunidade na promoção do bem comum;
  • Atuar na defesa do Estado de Direito e na recusa do Estado de Exceção e do autoritarismo;
  • Potencializar e capacitar instituições locais que atuam na defesa da democracia, que militem pela construção de uma nova ordem societária, sem dominação nem exploração de classes, etnia ou gênero;
  • Contribuir com a ampliação e consolidação da cidadania, considerada tarefa primordial de toda a sociedade, com vistas à garantia dos direitos civis, sociais, e políticos das classes trabalhadoras;
  • Posicionar-se em favor da equidade e justiça social, que assegure universalidade de acesso aos bens e serviços relativos aos programas e políticas sociais, bem como a gestão democrática;
  • Atuar em parceria com as demais esferas de governo e com os movimentos sociais representativos da sociedade civil que partilham dos mesmos princípios que defendemos.

Na área da educação, é realizado o projeto Turismo pedagógico Um Novo Olhar sobre a Cidade, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e a Universidade Estácio de Sá. A iniciativa é voltada para a educação de crianças e adolescente das escolas da Cidade de Deus. O Turismo Pedagógico – Um Novo Olhar Sobre a Cidade é direcionado aos alunos que apresentam problemas de aprendizagem, na tentativa de melhorar o rendimento escolar por meio de aulas práticas multidisciplinares, realizadas em pontos turísticos do Rio de Janeiro.

Já no campo da Cultura, a Assessoria de Gestão Social de Farmanguinhos desenvolve o projeto Cultura Portátil. O objetivo é fortalecer as instituições que militam pela ampliação dos espaços de cultura na comunidade. Além disso, tem como proposta capacitar instituições e artistas que não tiveram a oportunidade de estarem associados a uma ONG ou associação de maior representatividade.

A prestação de serviços para capacitação em produção cultural permite que estas instituições possam se beneficiar de editais de fomento. A estruturação e organização dessas entidades possibilitam a captação de recursos públicos ou privados, bem como o desenvolvimento de atividades auto-sustentáveis. Com isso, além da capacitação dos empreendedores culturais da comunidade, será possível dinamizar a economia dessas localidades, tornando as atividades culturais, já desenvolvidas por estes agentes, fonte de renda e emprego para os moradores. Manter e ampliar as redes culturais já formadas inclui uma construção da cultura de paz, com respeito à diversidade étnica, de gênero e religiosa.

Outro projeto que deu certo é o da Feira do Talento – Fortalecimento de Empreendimentos Econômicos Solidários da Cidade de Deus, Jacarepaguá. O objetivo é fortalecer o empreendimento econômico-solidário da Cidade de Deus, Jacarepaguá. É uma proposta que tem por referência a educação popular, além de valorizar a cooperação e autogestão. O projeto procura oferecer e construir conjuntamente ferramentas para que os empreendimentos se tornem sustentáveis nos aspectos econômicos, sociais, políticos e gerenciais.

O apoio consiste em qualificar profissionalmente os indivíduos por meio de atividades de formação sócio-educativas. São oferecidos capacitação, oficinas e cursos para gestão de empreendimentos. As atividades buscam estimular experiências concretas de produção e comercialização mais coletiva para incentivar o desenvolvimento sustentável local.

 Importante também as ações de fortalecimento dos Fóruns locais, envolvendo sociedade civil e esferas de governo, que têm como objetivo contribuir para efetivação de processos de controle social. Nessa área, destaca-se a participação da Assessoria de Gestão Social de Farmanguinhos no fórum Comunitário da Cidade de Deus, Fórum de Economia Solidária, Fortalecimento e integração das instituições locais que atuam com a população idosa, Capacitação e fortalecimento de profissionais da saúde, assistência e educação que atuam  na perspectiva de criar uma rede de proteção a  criança e adolescente  no território.

 

Fiocruz pra Você

É de extrema importância as campanhas e eventos que articulam comunidades, instituições parceiras como Lyons Clube, SESC Rio, Defensoria Pública e colaboradores internos da Instituição que atendem a milhares de pessoas em diferentes áreas em eventos como: Fiocruz pra Você 1ª e 2ª doses, democratização da ciência através da exposição do Ciência Móvel, campanhas   de solidariedade como  arrecadação de roupas para os desabrigados da enchentes, campanha de Páscoa  e adoção de crianças correntes no período de natal.